Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

Unidos pelo coração

Por: Revista SAÚDE BRASIL COMUNIDADE

MÉTODO MÃE - GANGURU

Unidos pelo coração

Ao aconchegar com amor o bebê junto ao peito, mães e pais-canguru aceleram o desenvolvimento de prematuros

Márcia Baptista e seus gêmeos prematuros


Márcia Baptista e outras cinco mães com seus filhos prematuros aninhados no peito chegam ao Hospital Municipal Maternidade Escola de Vila Nova Cachoeirinha, na Zona Leste de São Paulo. A pauta da reunião não se limita às receitas de papinhas. É que elas participam do Método  Canguru, implantado naquela instituição em 1999.

Hoje, o Brasil está se tornando uma referência neste método, criado na Colômbia em 1979 para contornar a falta de incubadoras e outros equipamentos necessários para os recém-nascidos prematuros.

É que nos últimos dois anos um convênio feito entre Ministério da Saúde, a Fundação Orsa e o BNDES capacitou nada menos que 1870 profissionais de 269 maternidades públicas para lidar com estes bebês que precisam de cuidados especiais.

Afinal, o que é o método?

Bem, trata-se daquele tipo de idéia que as pessoas se perguntam porque não foram tidas antes. No sistema convencional, os bebês que chegam ao mundo antes da data marcada recebem toda a assistência médico-hospitalar que necessitam, mas ficam separados dos pais.

Já com o método Canguru, o contato precoce é estimulado. O que significa que sempre que possível o nenê fica junto às mamães, papais e familiares. Coladinho, bem no peito, para desfrutar do calor físico e humano.

“O contato pele a pele dá segurança aos pais e ajuda na formação de apego”, diz Maria Lúcia Bom Angelo, gerente de implantação e controle de programas de qualidade do hospital.

Danilo Bartolomeu
e Zuleica Azevedo

“Para o bebê, o método favorece o desenvolvimento e ganho de peso. É possível adiantar a alta em 10 a 15 dias”, diz Maria Lúcia. Com a filha vendendo saúde, Zuleica Azevedo e Danilo Bartolomeu sentem-se muito felizes por estar encerrando o processo com êxito.

A proximidade é um incentivo e tanto à amamentação, que só traz benefícios para a mamãe e seu pequeno.

Em tempo: “O método não interfere em nenhum dos cuidados hospitalares de praxe que o bebê recebe”, diz a médica Miriam Ribeiro de Faria, Chefe do departamento de Neonatologia do hospital. Ou seja: ele tem garantido toda a assistência tecnológica e profissional disponíveis.

O poder do contato pele a pele

Veja as principais vantagens do método canguru para pais e filhos:

• Ajuda a manter o bebê quentinho.
• Diminui o período de internação.
• Aumenta o vínculo afetivo.
• Facilita os pais a lidar com o filho prematuro.
• Estimula o aleitamento materno.
• Melhora o desenvolvimento infantil.

 

Primavera de 2003


Última atualização: 18/7/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
23 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital