Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Cuidado Paterno \ Homem \ Artigo

APRENDENDO a SER PAI

Por: Macrofunção Vida - Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

       

  Homem que é homem cuida de criança

 Boletim com experiências de valorização da paternidade, desenvolvidas em diferentes serviços da Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro. Esta publicação visa inspirar projetos que apóiem novas atitudes de cuidado paterno.

Uma Iniciativa da Macrofunção Vida

Macrofunção Vida é um grupo de trabalho que envolve diferentes secretarias municipais, ONG e universidades, visando implementar políticas públicas voltadas para os homens e os direitos reprodutivos

 

Quem participa da Macrofunção?

 

As reuniões da Macrofunção estão abertas a participação de todos os interessados. Abaixo estão as secretarias e outras instituições que vêm contribuindo regularmente com esse trabalho.

Secretaria Municipal de Saúde - Coordenação
Secretaria Municipal de Educação
Empresa Municipal de Multimeios - Multirio
Secretaria Municipal de Assistência Social
Secretaria Municipal de Esportes e Lazer
Secretaria Especial de Comunicação Social
Coordenadoria do Projeto Rio Mulher
Secretaria Municipal de Culturas
Escola de Serviço Social da UFRJ
Instituto Promundo
Maternidade Escola da UFRJ
EICOS/UFRJ
Cedus

 

Qual a metodologia de trabalho?

As propostas de trabalho são construídas coletivamente em reuniões mensais, abertas a participação de todos os interessados que acontecem desde 2001. Já foram realizados dois seminários “Desafios das Masculinidades Contemporâneas” de forma a levantar demandas, trocar experiências e socializar os resultados.

 

Quais as atividades realizadas?

A Macrofunção Vida instituiu em 2002, através de decreto municipal, a Semana de Valorização da Paternidade visando incentivar, junto a diferentes instituições, a realização de atividades que tenham como objetivo ampliar o debate sobre a paternidade nos dias de hoje e desenvolver estratégias que busquem favorecer vínculos entre pais e filhos.  Foram realizadas duas semanas (2002 e 2003) e em 2004 foi instituído o “Mês de Valorização da Paternidade”, visando ampliar a abrangência das atividades. De forma a subsidiar as atividades foi elaborado um folder com informações para os pais.

 

Porque o foco na paternidade?

A ênfase na paternidade surge da necessidade de fortalecer a participação do pai no cuidado com crianças e adolescentes, contribuindo para o desenvolvimento afetivo dos filhos e do próprio homem. As inúmeras mudanças ocorridas na sociedade têm reflexos importantes na forma como as famílias se organizam. Assim como as mulheres conquistaram espaço na vida pública, os homens precisam abrir espaços no mundo privado, especialmente no mundo dos afetos.

 

Quais as atividades realizadas durante as semanas / mês de 2002,  2003, 2004 e 2005?

Durante as semanas aconteceram diversas atividades nas escolas, unidades saúde, centros de juventude, centros culturais e esportivos, universidades e ONG abrangendo a realização de debates, oficinas, jogos de integração, atividades culturais e esportivas, pesquisas, painéis de fotos e depoimentos, programas e campanhas de TV, entre outras.

 

Quais os principais aprendizados dessa iniciativa?

 

Essa estratégia tem se revelado excelente para atrair os homens para o debate sobre o seu papel no cuidado com os filhos, na relação com as mulheres e no planejamento familiar. Tem também possibilitado a diferentes instituições o conhecimento sobre as necessidades da sua clientela e a definição de estratégias que favoreçam o envolvimento dos homens de forma geral.

 

O que se espera das secretarias envolvidas?

 

As atividades da semana/mês devem funcionar como disparadoras da reflexão.  A complexidade dessa temática implica na implementação de mecanismos de educação permanente de profissionais e na revisão crítica das rotinas institucionais (horários, metodologias de trabalho, estratégias de divulgação, etc.) que contribuam para ampliar a freqüência dos pais e homens em geral às atividades regulares de cada instituição.

 

Quais os desdobramentos dessas iniciativas?

 

De forma a desenvolver atividades contínuas que promovam desdobramentos concretos nas instituições envolvidas, foi criado em 2004 o Movimento pela Valorização da Paternidade. Foi criado também o Centro de Estudos da Paternidade, com atividades itinerantes que visam ampliar a divulgação e a reflexão sobre essa temática.

 

A Macrofunção está em fase de implementação da iniciativa 10 Passos para ampliá-la a participação do pai nas diferentes políticas sociais, que visam estimular a revisão das rotinas institucionais nos diferentes setores (Saúde, Educação, Assistência Social, etc.)

 

Leia mais aqui no www.aleitamento.com

 

 
 

PAI - PARTICIPAÇÃO nas POLÍTICAS SOCIAIS - 10 Passos

 

PATERNIDADE => 1 mês para sua VALORIZAÇÃO

 

Semana de VALORIZAÇÃO da PATERNIDADE

 

...

 

 


Última atualização: 2/3/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
22 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital