Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Cuidado Paterno \ Geral \ Artigo

PATERNIDADE faz com que HOMENS sejam MELHORES - Estudo científico

Por: Marcus Renato de Carvalho

Estudo diz que ser

pai

melhora os homens

 

 

A paternidade é capaz de mudar o homem.

 

Um estudo, publicado no jornal científico “Journal of Marriage and Family”, sobre a chegada do primeiro filho, mostra uma mudança significativa nos comportamentos considerados agressivos, como o envolvimento em crimes, e auto-destrutivos, como dependência de cigarros e abuso do álcool. 


Durante 19 anos, os pesquisadores acompanharam mais de 200 homens com idades entre os 12 e os 31 anos que tinham comportamentos de risco relacionados com a prática de crimes, uso de tabaco, abuso de álcool e consumo de liamba. Estudos anteriores tinham demonstrado que o casamento pode mudar o comportamento negativo do homem, mas não tinham apontado qual era a influência da paternidade. “Pondo de lado o processo de envelhecimento e a responsabilidade natural, vimos que a paternidade é um factor independente que contribui para a diminuição da criminalidade, consumo de álcool e tabaco”, diz David Kerr, autor do estudo da Oregon State University.

Sabe-se que a idade e a maturidade também estão associadas a uma mudança de estilo de vida. Segundo a pesquisa, homens que se tornaram pais aos 20 anos mantinham comportamentos de risco durante mais tempo do que aqueles que tiveram o primeiro filho aos 30 anos. 

“Homens que tiveram filhos numa idade mais madura foram capazes de se entregar à paternidade e abandonar hábitos negativos de vida”, explica David Kerr. 

A pesquisa sugere que a paternidade pode ser uma experiência transformadora, mesmo para os homens que têm comportamentos desviantes”, acrescentou.

 

Fonte: Jornal de Angola

 

 

 

Journal of Marital and Family Therapy

Edited By: Ronald Chenail

Impact Factor: 1.116

ISI Journal Citation Reports © Ranking: 2010: 23/40 (Family Studies); 67/102 (Psychology Clinical); 68/104 (Psychology Clinical)

Online ISSN: 1752-0606

 

 

Foto: Fathers learn to take care of their infants at a hospital in Hubei. (File Photo/Xinhua)

 


Última atualização: 14/11/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
23 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital