Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Amamentação \ Eventos \ Artigo

Aconselhamento em Amamentação & Comunicação Não-Violenta

Por: Prof. Marcus Renato de Carvalho, UFRJ

 /

Aconselhamento em Amamentação:

os mesmos princípios da

Comunicação Não-Violenta

 

 

A maioria das pessoas imagina que o importante, no diálogo, é a palavra. Engano, e repito: o importante é a pausa. É na pausa que duas pessoas se entendem e entram em comunhão.

Nelson Rodrigues

 

                      A técnica da Comunicação Não-Violenta (CNV) foi desenvolvida pelo Psicólogo Marshall Rosenberg e aplicada em diversos países e situações, desde guerras a relacionamentos amorosos e familiares.

 

"A CNV se baseia em habilidades de linguagem e comunicação que fortalecem a capacidade de continuarmos humanos, mesmo em condições adversas. Ela não tem nada de novo: tudo que foi integrado à CNV já era conhecido havia séculos. O objetivo é nos lembrar do que já sabemos — de como nós, humanos, deveríamos nos relacionar uns com os outros — e nos ajudar a viver de modo que se manifeste concretamente esse conhecimento. 

A CNV nos ajuda a reformular a maneira pela qual nos expressamos e ouvimos os outros. Nossas palavras, em vez de serem reações repetitivas e automáticas, tornam-se respostas conscientes, firmemente baseadas na consciência do que estamos percebendo, sentindo e desejando. Somos levados a nos expressar com honestidade e clareza, ao mesmo tempo que damos aos outros uma atenção respeitosa e empática. Em toda troca, acabamos escutando nossas necessidades mais profundas e as dos outros. A CNV nos ensina a observarmos cuidadosamente (e sermos capazes de identificar) os comportamentos e as condições que estão nos afetando. Aprendemos a identificar e a articular claramente o que de fato desejamos em determinada situação. A forma é simples, mas profundamente transformadora."

As ideias são acessíveis e fáceis de aprender, sendo necessário apenas prática para conseguir aplicar no dia a dia.

No capítulo 17 do livro “Amamentação – bases científicas” 4a. edição, ACONSELHAMENTO – a arte de escutar e apoiar escrito pela Enfermeira Valderez Kohler e pelo Pediatra Marcus Renato citamos a CNV:

A CNV é um “processo de comunicação” fundado em habilidades de linguagem e escuta, ajudando a reformular a maneira pela qual nos expressamos e ouvimos os outros. Visa o estabelecimento de relações de parceria e cooperação em que predominem a comunicação eficaz e com empatia. Rosenberg trabalhou com o psicólogo humanista Carl Rogers na época em que pesquisava os componentes de uma relação de apoio. Os resultados dessa pesquisa foram fundamentais no desenvolvimento da CNV. (6)

...A CNV tem o objetivo de resgatar o que há de mais genuíno nas pessoas: suas emoções, valores e a capacidade de se expressarem com honestidade, ajudando os outros com real empatia – ou seja, mergulhando nas verdadeiras necessidades do outro e não em sua vontade de parecer altruísta. A comunicação usual que estabelecemos é cheia de ruídos, vindos também de uma dificuldade pessoal em se abrir de forma vulnerável e em atingir a pessoa na necessidade delicada de ser apreciada. (7)

Chamada também de "comunicação empática", a CNV considera que todas as ações estão originadas numa tentativa de satisfazer necessidades humanas, mas propõe tentativas de fazê-lo evitando o uso do medo, da vergonha, da acusação, da ideia de falha, da coerção ou das ameaças. O ideal da CNV é conseguir que nossas necessidades, desejos, anseios e esperanças não sejam satisfeitos às custas de outra pessoa. Um princípio-chave da Comunicação Não-Violenta é a capacidade de se expressar sem usar julgamentos de "bom" ou "mau", do que está “certo” ou “errado”. A ênfase é posta em expressar sentimentos e necessidades, em vez de críticas ou juízos de valor. (7)

 

Oficinas para compreender e praticar o Aconselhamento

Como não aprendemos isso na Faculdade e essas habilidades não estão ainda assimiladas no cotidiano dos atendimentos nos ambulatórios e consultórios, promovemos periodicamente encontros onde buscamos exercer essa nova postura.

A próxima, será a

VII Oficina de introdução à prática do aconselhamento em amamentação no Mama Mundi, 2ª. edição em Salvador, Bahia, organizado pelo Gestass no dia 5 de agosto de 2017.

Dirigido apenas a profissionais de medicina, enfermagem, nutrição, fonoaudiologia, fisioterapia, psicologia... que já possuem conhecimentos básicos de Aleitamento Materno e querem se aprofundar no exercício do acolhimento e na escuta empática.

A coordenação é do Prof. Marcus Renato de Carvalho, Docente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFRJ. Pós-graduado em Manejo da Lactação pelo Wellstart International. Especialista em Amamentação pelo International Board Lactation Consultant Examiners desde 2001. Editor do www.aleitamento.com

As inscrições já estão abertas em http://www.gestass.com.br/mamamundi/

 

 “Um homem sábio é aquele que aprende algo de cada pessoa.”

 

 Alejandro Jodorowisk


Última atualização: 4/5/2017

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
22 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital